Biomedicina

(0 avaliação)

Apresentação

Formar um profissional apto a contribuir com o desenvolvimento técnico-científico atual, consciente de suas responsabilidades no que se refere a saúde de forma ampla e geral, e também em seu compromisso ético com a comunidade através das atividades de natureza científica, e do trabalho crítico e humanístico pertinente a sua área de atuação.

Objetivos

O curso visa formar profissionais aptos a:

1. Administrar laboratórios de análises clínicas e toxicológicas com atenção individual e coletiva nessa área, na elaboração de procedimentos referentes à coleta de material para fins de análises laboratoriais e toxicológicas.

2. Intervir interdisciplinarmente e transdisciplinarmente na promoção da saúde embasado no rigor científico, de cidadania e de ética.

3. Formular relatórios, laudos, pareceres e atestados.

4. Exercer a seleção, desenvolvimento e controle de qualidade de equipamentos, reativos e reagentes.

5. Executar a pesquisa, desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de produtos biotecnológicos.

6. Interpretar tecnicamente com responsabilidade e ética as análises clínico-laboratoriais, análises toxicológicas, biologia molecular, exames hematológicos, citológicos, dentro dos padrões de qualidade e normas de segurança.

7. Comprometer-se com o ser humano, valorizando-o e respeitando-o, atuando em todos os níveis de atenção à saúde, envolvido em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação desta.

8. Saber e compreender métodos e técnicas de elaboração e investigação de trabalhos acadêmicos e científicos.

9. Exercer a profissão, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição articulada ao contexto social.

10. Assimilar diante do contexto mundial, as constantes mudanças conceituais e evolução tecnológica apresentadas.

11. Construir um raciocínio rápido, preciso e dinâmico na solução de problemas dentro de cada uma de suas habilitações específicas, avaliando e respondendo com senso crítico as informações e questões que são oferecidas durante a graduação e no exercício e atuação profissional consciente, dirigidos para a melhoria da qualidade de vida da população humana.

12. Caracterizar e identificar a saúde como direito e condições dignas de vida, contribuindo para sua manutenção, bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas circunstâncias éticas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas.

13. Intervir na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de hemocomponentes e hemoderivados, incluindo realização, interpretação de exames e responsabilidade técnica de serviços de hemoterapia.

14. Realizar, além das atividades técnicas inerentes a profissão, o papel de educador, gerando e transmitindo conhecimentos para a formação de novos profissionais para a sociedade como um todo.

Perfil

De acordo com a Resolução nº 02, de 18 de fevereiro de 2003, em que foi instituída as Diretrizes Curriculares Nacionais do Curso de Graduação em Biomedicina, o perfil do Biomédico, formado pela FPM, é a de um profissional com formação generalista, humanista, com atuação em todos os níveis da atenção à saúde de forma crítica e reflexiva, embasado no rigor intelectual e científico. E ainda, pautado nos princípios éticos e também na compreensão da realidade local e regional onde se encontra, capacitado para o exercício de atividades, com o intuito de transformar a realidade em benefício da sociedade.

O curso de Biomedicina – Bacharelado, da Faculdade da Polícia Militar, assegura a formação de profissionais com competências e habilidade específicas para:

1. Respeitar os princípios éticos inerentes ao exercício profissional.

2. Atuar em todos os níveis de atenção à saúde, integrando-se em programas de promoção, manutenção, prevenção, proteção e recuperação da saúde, sensibilizados e comprometidos com o ser humano, respeitando-o e valorizando-o.

3. Atuar multiprofissionalmente, interdisciplinarmente e transdisciplinarmente com extrema produtividade na promoção da saúde baseado na convicção científica, de cidadania e de ética.

4. Reconhecer a saúde como direito e condições dignas de vida e atuar de forma a garantir a integralidade da assistência, entendida como conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos, individuais e coletivos, exigidos para cada caso em todos os níveis de complexidade do sistema.

5. Contribuir para a manutenção da saúde, bem-estar e qualidade de vida das pessoas, famílias e comunidade, considerando suas circunstâncias éticas, políticas, sociais, econômicas, ambientais e biológicas.

6. Exercer sua profissão de forma articulada ao contexto social, entendendo-a como uma forma de participação e contribuição social.

7. Emitir laudos, pareceres, atestados e relatórios.

8. Conhecer métodos e técnicas de investigação e elaboração de trabalhos acadêmicos e científicos.

9. Realizar, interpretar, emitir laudos e pareceres e responsabilizar-se tecnicamente por análises clínico-laboratoriais, incluindo os exames hematológicos, citológicos, citopatológicos e histoquímicos, biologia molecular, bem como análises toxicológicas, dentro dos padrões de qualidade e normas de segurança.

10. Realizar procedimentos relacionados à coleta de material para fins de análises laboratoriais e toxicológicas.

11. Atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de produtos obtidos por biotecnologia.

12. Realizar análises físico-químicas e microbiológicas de interesse para o saneamento do meio ambiente, incluídas as análises de água, ar e esgoto.

13. Atuar na pesquisa e desenvolvimento, seleção, produção e controle de qualidade de hemocomponentes e hemoderivados, incluindo realização, interpretação de exames e responsabilidade técnica de serviços de hemoterapia.

14. Exercer atenção individual e coletiva na área das análises clínicas e toxicológicas.

15. Gerenciar laboratórios de análises clínicas e toxicológicas.

16. Atuar na seleção, desenvolvimento e controle de qualidade de metodologias, de reativos, reagentes e equipamentos.

17. Assimilar as constantes mudanças conceituais e evolução tecnológica apresentadas no contexto mundial.

18. Avaliar e responder com senso crítico as informações que estão sendo oferecidas durante a graduação e no exercício profissional.

19. Formar um raciocínio dinâmico, rápido e preciso na solução de problemas dentro de cada uma de suas habilitações específicas.

20. Ser dotado de espírito crítico e responsabilidade que lhe permita uma atuação profissional consciente, dirigida para a melhoria da qualidade de vida da população humana.

21. Exercer, além das atividades técnicas pertinentes a profissão, o papel de educador, gerando e transmitindo novos conhecimentos para a formação de novos profissionais e para a sociedade como um todo.

A formação do biomédico pela Faculdade da Polícia Militar tem por objetivo qualificar o egresso dos conhecimentos adquiridos para o exercício das seguintes competências e habilidades gerais:

1. Atenção à saúde: os profissionais de saúde, dentro de seu âmbito profissional, devem estar aptos a desenvolver ações de prevenção, promoção, proteção e reabilitação da saúde, tanto em nível individual quanto coletivo. Cada profissional deve assegurar que sua prática seja realizada de forma integrada e contínua com as demais instâncias do sistema de saúde. Sendo capaz de pensar criticamente, de analisar os problemas da sociedade e de procurar soluções para os mesmos. Os profissionais devem realizar seus serviços dentro dos mais altos padrões de qualidade e dos princípios da ética/bioética, tendo em conta que a responsabilidade da atenção à saúde não se encerra com o ato técnico, mas sim, com a resolução do problema de saúde, tanto em nível individual como coletivo.

2. Tomada de decisões: o trabalho dos profissionais de saúde deve estar fundamentado na capacidade de tomar decisões visando o uso apropriado, eficácia e custo-efetividade, da força de trabalho, de medicamentos, de equipamentos, de procedimentos e de práticas. Para este fim, os mesmos devem possuir competências e habilidades para avaliar, sistematizar e decidir as condutas mais adequadas, baseadas em evidências científicas.

3. Comunicação: os profissionais de saúde devem ser acessíveis e devem manter a confidencialidade das informações a eles confiadas, na interação com outros profissionais de saúde e o público em geral. A comunicação envolve comunicação verbal, não verbal e habilidades de escrita e leitura; o domínio de, pelo menos, uma língua estrangeira e de tecnologias de comunicação e informação.

4. Liderança: no trabalho em equipe multiprofissional, os profissionais de saúde deverão estar aptos a assumirem posições de liderança, sempre tendo em vista o bem estar da comunidade. A liderança envolve compromisso, responsabilidade, empatia, habilidade para tomada de decisões, comunicação e gerenciamento de forma efetiva e eficaz.

5. Administração e gerenciamento: os profissionais devem estar aptos a tomar iniciativas, fazer o gerenciamento e administração tanto da força de trabalho, dos recursos físicos e materiais e de informação, da mesma forma que devem estar aptos a serem empreendedores, gestores, empregadores ou lideranças na equipe de saúde.

6. Educação permanente: os profissionais devem ser capazes de aprender continuamente, tanto na sua formação, quanto na sua prática. Desta forma, os profissionais de saúde devem aprender e ter responsabilidade e compromisso com a sua educação e o treinamento/estágios das futuras gerações de profissionais, mas proporcionando condições para que haja benefício mútuo entre os futuros profissionais e os profissionais dos serviços, inclusive, estimulando e desenvolvendo a mobilidade acadêmico/profissional, a formação e a cooperação através de redes nacionais e internacionais.

O Biomédico formado pela Faculdade da Polícia Militar estará apto a atuar em equipes de saúde, imbuído de competência na tomada de decisões. E ainda, com formação administrativa no exercício de atividades relacionadas a sua área de atuação, capacitado na produção e prestação do serviço em favor da comunidade, com qualidade e eficiência.

Diante da realidade apresentada, justifica-se a inserção desse profissional com a garantia de um serviço de qualidade prestado à comunidade, ou seja, um profissional capacitado para atuar nos diversos segmentos, contribuindo na melhoria do atendimento às necessidades do Sistema de Saúde e também qualificado a assumir cargos de gerenciamento, administrativos e de responsabilidade técnica.

Documentação

• CPF do aluno e responsável (em caso de menor de 18 anos)
• Carteira de identidade (na falta, carteira de trabalho ou passaporte)
• Título de eleitor
• Certidão de nascimento, ou de casamento (em caso de divórcio, averbação do de divórcio)
• Reservista (Homens)
• Certificado de Conclusão do Ensino Médio ou comprovante de escolaridade
• Histórico do Ensino Médio
• Comprovante de endereço

Manual do Candidato

Matriz Curricular Valores de Mensalidades

INSCREVA-SE – VESTIBULAR 2018

Data de Inscrição:

(Inscrições abertas no período de 02/06 a 06/08/2018)

-

Para agendar outros horários entre em contato com a secretaria. (62) 3286-5895

Detalhes do Curso

  • Portaria do MEC nº 488, de 11/04/2017
  • Nota do MEC 4
  • Turno Noturno
  • Vagas 80
  • Modalidade Presencial
  • Duração 8 Semestres
  • Horas 3400